CD Outro Sul

Artista
Orquestra Sanfônica de Pato Branco
Disponível
2016
Genero
Instrumental
  1. -:-- / 4:00
  2. -:-- / 4:15
  3. -:-- / 4:19
  4. -:-- / 2:50
  5. -:-- / 3:33
  6. -:-- / 3:07
  7. -:-- / 3:15
  8. -:-- / 3:30
  9. -:-- / 2:46
  10. -:-- / 3:14
  11. -:-- / 3:26
  12. -:-- / 3:47
  13. -:-- / 3:24
  14. -:-- / 3:04

DOWNLOAD MP3

Faça o download do disco em MP3

Outro Sul

Lançamento: 2016
Formatos: CD/DVD

Outro Sul é um álbum que representa um importante momento de transição na história da Orquestra Sanfônica. Gravado em Pato Branco durante o primeiro semestre de 2016, o trabalho traz um repertório coeso, que equilibra canções tradicionais do folclore do cone sul com composições próprias, algo inédito na trajetória do grupo, que até então se dedicava apenas as releituras.  

Como o próprio nome sugere, Outro Sul pretende mostrar faces menos conhecidas do cancioneiro popular de países como Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, valorizando ritmos pouco associados as suas respectivas culturas. Alguns exemplos são os chamamés, as milongas e as chacareras, gêneros muito tradicionais na Argentina, conhecida principalmente pelo tango. Simbolicamente, a arte de capa do CD e DVD mostram a imagem do interior de um acordeom.

Dentro desta proposta, o projeto traz ainda versões de “Pajaro Chogui”, uma polca folclórica do Paraguai, e “Recuerdos de Ypacarai”, uma guarania, também paraguaia. Sem deixar de lado seu caráter experimental, a orquestra também inova como no arranjo em milonga para “Noturna”, um tradicional tango de Julian Plaza, e na roupagem jazzística, urbana e contemporânea que são característicos do trabalho do grupo.

O trabalho também apresenta ao público cinco faixas inéditas, compostas pelo maestro Diego Guerro: “Videira”, “Onde é que já se viu?!”, “General”, “Patonero” e “Quermesse”. As músicas foram criadas a partir de inspirações nascidas da imersão do compositor no universo sonoro e na cultura apresentada pelo repertório não autoral. Também são nítidas as influências de compositores fundamentais para a formação de Guerro, como Dominguinhos e Hermeto Pascoal. Tal mistura proporcionou a criação de um repertório que conversasse com as reinterpretações apresentadas em Outro Sul, e criasse um trabalho esteticamente uniforme.

O repertório próprio sinaliza a preocupação do conjunto não só em ampliar os horizontes de sua obra, mas também de deixar um legado, algo que simbolize outra importante marca do seu trabalho: a de explorar ao máximo as possibilidades do acordeom, valorizando seu caráter regional, reconhecendo seu dinamismo enquanto instrumento musical, e assim criar música de qualidade para todos os públicos, desde os ouvintes ocasionais até os apreciadores assíduos de música instrumental.   

Ficha técnica
ACORDEONISTAS

Amarildo Aureluk, Diego Guerro, Edinei Dalla Costa, Fabiana Borsatti Bertinato, Fabiana Spaniol, Flávia Borsatti, João Zanella, Marcos Comin, Olindo Rufatto, Osni Sautier, Renato Borsatti, Ricardo Schiavini Panho, Valdomiro Turra, Vitório Verona.

Violão / Arthur Boscato
Bateria / Marcinho Pereira
Contrabaixo / Gustavo Viegas

Mixagem e masterização / João Ferraz
Fotografia e design / Da Pá Virada, Dani Gurgel
Arranjos e produção musical  / Diego Guerro